08 February 2006

Curso de verão do IFUSP

Todo ano o Instituto de Física da USP promove um Curso de Verão do IFUSP para alunos de Física e afins, durante o período de uma semana (esta semana). Este ano, estou dando duas aulas de cosmologia e os slides já estão disponíveis aqui: Cosmologia.

3 comments:

Eduardo said...

Olá Professor,

Gostaria de parabenizá-lo pelas aulas na Escola de Verão do IFUSP.
Um assunto tão vasto e complexo como cosmologia foi exposto de forma sucinta e elucidante. É um assunto que muito me fascina e pretendo cursar pós-graduação na área. Foi de grande valia para mim.
Muito obrigado.

Abraços.

Anonymous said...

Olá Professor! Também assisti suas aulas na Escola de Verão do IFUSP. Gostei bastante,parabéns! Gosto do assunto e também pretendo estudá-lo mais profundamente, mas continuando na postura assumida pelo senhor nas palestras (de divulgador de ciência não abusando da linguagem técnica) gostaria de tirar uma dúvida: de onde veio a teoria do multiverso? Em alguns sítios (não científicos) vejo que é da década de 1960 e outros que é mais recente com a teoria das branas. Afinal quando e como a formularam?
Parabéns mais uma vez e desde já obrigado.
Abraços

Victor Rivelles said...

Ola Anônimo,

Grato pelos comentários sobre o curso. Quanto aos multiversos, de fato foi proposto na década de 60 como uma interpretação alternativa da mecânica quântica. O fato de um evento ter uma certa probabilidade de ocorrer levou à proposta de que todos os eventos ocorram dando, assim, origem a uma infinidade de novos universos.

Na teoria de cordas, a possibilidade da existência de branas, leva à teorias em que o universo em que vivemos é uma brana. Porém, podem existir uma inifinidade de branas dando origem a outros universos. Mas neste caso, não se trata de uma teoria de multiversos, embora esteja relacionada.

Mais detalhes podem ser encontrados na Wikipedia
em Multiverse.