07 February 2006

Enfim, algo sobre a matéria escura

Há 73 anos atrás a análise de um aglomerado de galáxias mostrou que o movimento de seus componentes não podia ser explicado apenas pela força gravitacional convencional. Era como se faltasse massa no aglomerado e foi necessário postular a existência da matéria escura, um tipo de matéria que pudesse exercer a força gravitacional mas não pudesse emitir radiação porque não era visível nos telescópios. Ao longo dos anos, a evidência da existência da matéria escura foi aumentando mas sem que ninguém conseguisse determinar suas propriedades, além, é claro, de seu efeito gravitacional sobre a matéria convencional. Os dados mais recentes mostram que existe mais matéria escura do que matéria convencional, na proporção de 4% de matéria normal contra 23% de escura (o restante está na forma de energia escura)!

Agora, um time de astronomos conseguiu determinar várias propriedades da matéria escura, Triumph of mind over dark matter. Imaginava-se que a matéria escura fosse "fria", isto é, que se movesse com velocidade pequena. Descobriu-se que ela é "quente" mas não emite radiação! Além disso, sua densidade é mais baixa que a matéria convencional. Mais detalhes também podem ser encontrados aqui: 'Tepid' temperature of dark matter revealed.

2 comments:

Daniel Doro Ferrante said...

Oi Professor,

Dando uma olhada no seu 'ClustrMaps' aí ao lado, clicando nele, vc poderá ver que há um 'typo' no endereço do seu blog: rivelles.blogspo.com, ie, a palavra blogspoT está sem o último "T".

Talvez seja só bobeira minha, mas acho que isso pode afetar o seu contador e suas estatísticas por lá.

Quanto a Matéria Escura, eu acho que vc confundiu os números ou eu que não entendi direito o que vc quis dizer: Eu acredito que as porcentagens corretas sejam 70% pra Energia Escura, 25% pra Matéria Escura, 4% pra Hidrogênio e Hélio 'livres', e o resto para estrelas, neutrinos e elementos pesados (cf Dark Energy - Wikipedia).

Agora, falando da temperatura da Matéria Escura, será que o modelo atual da cosmologia de Big Bang, o ΛCDM (Lambda-Cold Dark Matter), terá que ser revisto?!

Um abraço, []'s!

Victor Rivelles said...

Olá Daniel,

Agradeço as correções. De fato é 23% de matéria escura e não 73%. Quanto ao ΛCDM provavelmente terá que ser revisto. Mas não sou a pessoa apropriada para comentar mais sobre isso.

Abraços,

Victor